Sonae Sierra Relações com Investidores RSS | Meus Downloads ( 0 ) | English Version

Central de Resultados

Fale com RI Alertas RI
Voltar Aumentar Fonte Diminuir Fonte Imprimir E-mail Download

1T15

DESTAQUES
 
O Lucro Líquido cresceu 27,8% frente ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 19,3 milhões.
 
O aluguel nas mesmas lojas (SSR) continuou a registrar forte crescimento de dois dígitos no 1T15, crescendo 10,8% comparado ao 1T14, impulsionado pela combinação de elevados leasing spreads em nossos shoppings maduros, maior reajuste de inflação nos contratos de aluguel e a maturação de nossos shoppings mais novos.
 
As vendas nas mesmas lojas (SSS) cresceram 6,4% frente ao 1T14, impactadas positivamente pelo desempenho das lojas âncora e pelo segmento de lazer em nosso portfólio maduro bem como pelo forte crescimento de dois dígitos em nossos shoppings mais novos.
 
As vendas totais nos shoppings da Companhia totalizaram R$ 1,1 bilhão, aumento de 9,5% sobre o 1T14, também alavancadas pela maturação de nossos shoppings mais novos juntamente com atualizações de mix de lojas em nossos shoppings consolidados.
 
A taxa de ocupação em nosso portfólio maduro alcançou 98,6% no 1T15 frente a 97,3% no 1T14. A taxa de ocupação em nossos novos shoppings aumentou significativamente nos últimos doze meses, principalmente no Boulevard Londrina (490 bps alcançando 94,0%) e no Passeio das Águas (460 bps para 89,6%), levando ao crescimento de 190 bps na taxa de ocupação global de nosso portfólio.
 
A receita líquida totalizou R$ 81,2 milhões no 1T15, crescimento de 9,3% comparado ao 1T14, influenciado pelo crescimento orgânico e menores descontos nos contratos de aluguel.
 
O NOI alcançou R$ 76,6 milhões no 1T15, representando aumento de 9,6% frente ao 1T14. Fortes leasing spreads em nossos shoppings maduros e, como mencionada anteriormente, a maturação de nossos novos shoppings, aliados a menores custos com lojas vagas contribuíram para o crescimento do NOI.
 
O EBITDA Ajustado do trimestre foi de R$ 57,8 milhões, 14,4% acima do 1T14. Custos temporários relacionados aos shoppings mais novos continuam caindo, levando ao crescimento das margens.
 
O FFO Ajustado (considerando a consolidação de 51% do Parque D. Pedro Shopping) totalizou R$ 23,1 milhões no 1T15, um expressivo aumento de 32,1% frente ao 1T14. A margem FFO ajustada apresentou um crescimento ainda mais relevante, aumentando em 625 bps, em 34,6%.